• Nathalia Vaz

“Cultura de Resultados” ou “Resultados da Cultura”?

Atualizado: Mar 23


NPS_ter-ou-nao-ter

No que está baseada a tomada de decisão na sua empresa? Na intuição, mais conhecida como o famoso “achômetro”, em opiniões ou em dados? Já parou pra pensar isso?


Acho que precisamos de equilíbrio entre as 3 partes, assim como tudo na nossa vida. Mas, num mundo com tantas ferramentas que nos proporcionam informações, porque não apostar mais nos dados?


A máxima “contra fatos não há argumentos” nunca se encaixou tão bem na nossa história. Se só se gerencia o que se mede, ter métricas claras é fundamental para entender se os resultados foram atingidos. E o que direciona isso? Segundo o dicionário Michaelis, "Cultura" é o “conjunto de conhecimentos, costumes, crenças, padrões de comportamento, adquiridos e transmitidos socialmente, que caracterizam um grupo social.” E na sua empresa não é diferente. É o jeito de fazer as coisas e o modo de pensar dominante do grupo que define não só o que a sua empresa faz, mas “como “ela faz. É o “COMO”. E no “como” é que estão grandes cases de sucesso no mundo do empreendedorismo. Simples como isso.


Vamos falar sobre o COMO! E como a empresa mostra o seu “como”?


Indo bem direto ao ponto, acho que através dos seus processos e valores. Importante a gente falar também sobre valores. Pessoas entregam mais resultados na medida em que entendem e compartilham dos mesmos valores que a sua empresa. E está tudo bem o fato de algumas pessoas não se encaixarem nos valores. Existem milhares de outras empresas para elas gastarem o seu tempo e talento que certamente podem fazer mais sentido com os seus valores. Cada empresa é de um jeito e a somatória de tudo isso – cultura, modelo e valores – é o que são as empresas.


"Pessoas entregam mais resultados na medida em que entendem e compartilham dos mesmos valores que a sua empresa."


Embora as empresas estejam cada vez mais engajadas com causas sociais ainda acredito que vivemos em um mundo onde o indicador principal é faturamento. O ponteiro tem que mexer! E mesmo as empresas que estão buscando cada vez mais trabalhar com “social innovation” entendem que ser financeiramente forte é uma premissa para poder escalar os seus serviços ou produtos, mesmo que esses tenham como grande foco final somente causas sociais.


Mas...como eu crio uma cultura de resultados?


Seguem 3 pontos que acredito serem determinantes para criar um cenário focado em resultados:


1)Tenha objetivos claros: Defina as metas do seu negócio, comunique para o seu time de forma clara e garanta que as ações estejam diretamente ligadas ao atingimento dessas metas. Praticar a “gestão a vista”, ou seja, alocar pelas paredes do seu escritório gráficos, indicadores, mapas, ajuda no engajamento disso tudo. O que é visto é lembrado!


2) Mensure: Se baseie em dados e métricas para tomar decisões. Sua empresa trabalha com indicadores de desempenho? Quais são? Como estão sendo medidos e analisados? Quanto mais embasadas estiverem as suas ações, menos a chance de erro e de perda de tempo, sua e do seu time. Entenda os números!


3) Se comprometa: Liderança comprometida, time comprometido. E não há nada que um time comprometido não possa fazer. O “sentimento de dono” é característica que muitas vezes separa um time de alta performance para um time de baixa performance. Nada como um funcionário com brilho nos olhos e que acredite verdadeiramente no propósito maior. Essa é a pessoa que vai te ajudar a alcançar os seus objetivos. Como você motiva o seu time?


"O sentimento de dono é característica que muitas vezes separa um time de alta performance para um time de baixa performance."


É preciso ter disciplina para garantir que essas engrenagens estejam bem azeitadas e que as coisas rodem conforme o planejado. E falta de disciplina não é uma causa de algo não estar acontecendo. A falta de disciplina é um sintoma de que você não está com toda sua energia direcionada para alguma coisa. E se é um sintoma, é um sinal. Sinal de que você pode não estar tão certo ainda do seu propósito maior e nem do já falado “como” você vai chegar lá.


E nesse cenário, que tipo de cultura você cria na sua empresa?


A falta de atingimento dos nossos resultados por muitas vezes está atrelada a ausência de uma cultura forte e bem definida. A cultura é o motor. Busque uma cultura de resultados e meça os resultados da cultura. Imagine o maior avião do mundo num motor a hélice, ou um carro de formula 1 com pneu de patinete. Já pensou?


"Busque uma cultura de resultados e meça os resultados da cultura."


Nathalia Vaz

nathaliavaz.com

Consultora de Marketing e Gestão Estratégica, com mais de 13 anos em grandes multinacionais e startups do mercado de bens de consumo.


#resultados #performance #liderança #cultura #nv #nathaliavaz #customerinlove #grupocustomerinlove #bzoros #clienteoculto #clientemisterioso

Posts recentes

Ver tudo